Dicas para os pais ajudarem os filhos nos estudos

Anúncios

O sucesso dos seus filhos nos estudos depende, em grande parte, do suporte que você dá a eles quando o assunto é aprendizado.

Esse suporte se revela tanto na questão emocional quanto no acompanhamento dos estudos e no incentivo para que eles ocorram.

Por isso, notas baixas ou falta de ânimo para os estudos não decorrem apenas da desatenção ou da preguiça infantil e isso deve ficar claro.

Anúncios

Por exemplo, algumas pessoas – na época da infância – tinham autonomia para os estudos, ou seja, essas pessoas tinham facilidade para desenvolver seus estudos mesmo sem o apoio dos pais.

Aliás, isso era especialmente verdade quando as crianças tiveram pais que trabalhavam muito, durante todo o dia, e por isso não era possível ter assistência de seus pais para ajudar nos estudos da escola.

Portanto, em casos como dissemos acima, essas crianças viam-se sozinhas para construir sua própria motivação e senso de responsabilidade, para que então pudessem realizar sozinhas suas tarefas escolares.

Contudo, hoje em dia é fácil ver um grande número de jovens que não têm a iniciativa de lidar com seus estudos de maneira produtiva. E então é necessário que os pais aprendam a desenvolver uma capacidade específica para ajudar esses jovens nas atividades escolares.

Mas o que fazer para demonstrar apoio e incentivar os pequenos nos estudos? É exatamente isso o que você encontra abaixo. Continue lendo e veja dicas importantes!

Veja como ajudar seus filhos nos estudos com dicas simples e efetivas

Na sequência estão 6 dicas que farão a diferença no rendimento escolar dos seus filhos. Enquanto algumas são exclusivas para crianças, outras possuem efetividade tanto para elas quanto para adolescentes. Então, não perca tempo e veja quais são!

VEJA TAMBÉM:  Atividades lúdicas para educação infantil

1 – Estipule o momento da leitura

Essa é uma boa ideia para ajudar seus filhos pequenos nos estudos, que dependem, em grande parte, da leitura. Ela é um hábito e, por isso, ela deve ser incluída na rotina das crianças o mais cedo possível.

Uma boa ideia de incluí-la é por meio da estipulação de um momento específico, durante o dia, para a leitura. Ela pode ocorrer logo no final da tarde ou, ainda, no momento de colocar os pequenos para dormir.

Para crianças que ainda não foram alfabetizadas, os adultos devem ler. Para as que estão aprendendo a ler ou já sabem, a leitura deve ser conjunta. Uma boa forma de aplicação, neste último caso, é alternando com a criança a leitura ou interpretação de personagens.

2 – Use o lúdico

Uma excelente estratégia para ajudar seus filhos nos estudos é pelo uso de elementos lúdicos. A imaginação, as brincadeiras, músicas, danças, teatros, desenhos, etc. são grandes aliados da educação.

Portanto, não se pode deixá-los de fora, até mesmo porque eles são capazes de prender a atenção dos pequenos com mais facilidade. Desse modo é possível ensinar e incentivar o aprendizado enquanto se brinca e se oferece diversão às crianças.

3 – Ofereça suporte emocional

O suporte emocional é de grande importância no desenvolvimento das crianças e adolescentes, inclusive nos estudos. Afinal, é natural que haja frustrações quanto ao desempenho em avaliações.

Aos pais e responsáveis, então, cabe dar apoio. É importante que se demonstre que uma nota ruim não é o fim do mundo; pelo contrário, é um desafio a ser superado e a superação é possível.

Portanto, não use estratégias (nada eficazes) de castigos por desempenhos ruins em avaliações. Ou da velha máxima “você só estuda”. 

VEJA TAMBÉM:  Como fazer um dado

Embora a criança e o adolescente não tenham outras responsabilidades, a de aprendizado é compatível e suficiente às fases de desenvolvimento em que eles se encontram.

Por isso, em lugar de repreensões, busque dar apoio. Ajude a criança ou adolescente a entenderem seus erros e dificuldades e a traçar estratégias para superá-los.

4 – Monte um espaço dos estudos para ajudar seus filhos nos estudos

Ter um espaço próprio para estudar é uma ótima forma de incentivar os estudos. Com isso, seus filhos entendem desde logo que aquele é um lugar reservado ao aprendizado.

Ao fazê-lo, torne-o atrativo, mas sem acesso às distrações que possam aparecer, como brinquedos que não possam ser utilizados no estudo, televisão ou celular.

5 – Dê o exemplo

Crianças repetem aquilo que veem. Portanto, para incentivá-las nos estudos é imprescindível que elas se deparem, no seu entorno, com adultos que também estudam e mantêm o hábito da leitura.

Desse modo, a criança não apenas entende que aquilo é importante para todos, mas também como é algo que se aplica em todas as fases da vida. Isto é, o estudo não se esgota, o aprendizado não é finito.

Dentro desta dica, considere convidar seu filho a compartilhar o que está estudando ou lendo e compartilhe com ele, também, os seus focos de estudo ou leitura. Neste caso, é claro, adapte para uma linguagem que fique clara para ele.

6 – Comemore vitórias para incentivar os filhos nos estudos

Como dito anteriormente, é necessário dar apoio emocional aos pequenos nos estudos. Isso também inclui comemorar as vitórias. Ele aumentou a nota? Ótimo, parabenize-o e mostre como o esforço valeu a pena!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Aguarde …

0